Divulgação. © 20th Century Fox / Marvel

Esqueça as diferenças e desavenças entre Marvel e DC Comics, Logan é um filme necessário para todos os apreciadores de histórias em quadrinhos, diga-se de passagem, um dos melhores dos últimos tempos, e um dos mais requintados desde o lançamento de Watchmen, em 2009. Este texto não contém spoilers.

Toda a falência e sentimento de derrota do personagem nas mais de duas horas de filme prendem o espectador e o aproxima ainda mais do Wolverine, não que aqueles que acompanham Hugh Jackman na saga dos X-Men precise disso, mas envolve de uma maneira tão profunda que é quase didática. Nós sabemos o que vai acontecer, só não queremos acreditar.

Divulgação. © 20th Century Fox / Marvel

Não consigo me lembrar a última vez que vi um filme tão violento no cinemas. As cenas em determinados momentos me deixaram admirado e incomodado — em um bom sentido —. A execução de todas elas, foi deslumbrante. Finalmente pudemos ver o Wolverine como sempre imaginávamos.

A representação da decadência emocional e psicológica de Logan é constante, com apenas Xavier servindo de propulsor, sendo o responsável que lhe mantém vivo, algo que será mostrado mais a frente entre Logan e Laura, similar a com Xavier, embora desencadeie uma posição muito maior para o final que será construído ao longo deste vínculo.

O roteiro de Logan consegue ser bem original, com algumas peças-chave para enriquecimento da trama, e que refletem ainda mais todo o “peso” colocado sob o personagem de Hugh Jackman. Tudo está de maneira com que a trama caminhe sutilmente, uma construção fluída e leve, sem demonstrar sinais de desgaste em momento algum, isto pelo fato de que cada ação promovida ser fundamental.

Embora o longa se situe em 2029, o tom futurista não chega. O diretor soube equilibrar bem o aspecto atual com uma visão rasa, mas elegante, do futuro. E isso não é um problema. Na verdade, o que prevalece mesmo são os ares de faroeste, bem ao estilo “bang bang”, e é divertido.

Divulgação. © 20th Century Fox / Marvel

Por fim, Logan conseguiu se mostrar diferente em tempos que filmes de super-heróis parecem caminhar para o mais do mesmo. Ser original e ousado, sem medo de achar que está errado. E diga-se de passagem, o difícil vai ser não se emocionar no final.

  • Erivelton Freitas

    “Esqueça as diferenças e desavenças entre Marvel e DC Comics” – NÃO! NÃO SOU OBRIGADO!

    Não digo que não vou ver por ser um personagem da Marvel, mas não verei porque realmente nunca gostei dos X-Men e também porque nunca vi nenhum filme dele (Wolverine) especificamente.

    • Kass Ribeiro

      Que cu@@o você. Sinto pena por você perder um ótimo filme por simples ignorancia.

      • Erivelton Freitas

        Sinto muito você pensar que eu sou obrigado a assistir alguma coisa só porque você quer! ^^

  • Eduardo Jose de Andrade

    Nossa,eu vou ver esse filme então,até os críticos ais chatos amaram esse filme,eu prefiro os filmes da DC,por serem mais sérios,mas esse Logan parece ser pros fortes também.

  • ABC

    “Não consigo me lembrar a última vez que vi um filme tão violento no cinemas.”

    Até o último homem ainda está em cartaz, as cenas de batalha são mais violentas que as de Logan. Acho que até A qualquer custo é mais violento. Sendo assim Logan está em excelente companhia, pois ele é comparável a ambos.

    Saudações.

    • Lucas N

      “Não consigo me lembrar a última vez que VI um filme tão violento no cinemas.”
      Ele falou que ELE nunca viu e nao que ja existiu um filme violento no cinema.

      • Matheus Sousa

        Exatamente. ;)

      • ABC

        Para alguém que se propõe a fazer análise de filme (mesmo que num portal de animação e afins) se surpreender com a violência de um filme tendo dois exemplares de filmes violentos em exibição nos cinemas é algo problemático.

        Análise não é coluna de opinião, ela deve estar amparada em fatos e dados, ter escrito que não lembra da ultima vez que assistiu um filme violento demonstra a ignorância do autor do texto sobre cinema.

        Agora ele pode aceitar o que escrevi como forma de melhorar as análises ou ficar com raiva e ignorar.

        Saudações.

    • Matheus Sousa

      Como queria ter assistido Até o último Homem, mas sua distribuição foi terrível. Mas enfim, é uma posição particular minha.

      • ABC

        É, tem esse problemas, mas a frase demonstra mais ignorância sobre cinema (não que seja o caso) que admiração pela coragem da produção do filme. Fica de sugestão para as próximas análises.

        E eu achei a classificação indicativa bem liberal, além da violência tem bastante palavrão e uma cena de nud@@.

        Saudações.

        • Jander Jandinho

          Não lembro de nenhuma cena com nude

          • ABC

            “Festa” na Limousine, uma das garotas mostra os melões. Não é nada forte (sequer chega a ser ero), mas é cena sem roupa.

            Saudações.

  • Eduardo Oliveira

    Pra mim o único problema do filme é que por ser a despedida do Hugh Jackman do papel de Wolverine e por seguir um futuro mais ou menos distante do universo dos X-Men é que nunca veremos ele (Hugh Jackman) com uniforme original das HQ’s como iriam apresentar no final do Wolverine Imortal mas tiraram essa cena do corte final do filme na época, mas emfim ótima crítica e deixo um destaque por ser uma crítica bem lucida do filme mas tbm conseguiu ser bem simples em suas explicações meus parabéns : )

  • Luis Felipe Soares

    Vou ver em breve, pela crítica acho que não vou me desapontar, pois era o que eu esperava do filme mesmo. Valeu!

  • Marcos

    Devemos agradecer antes de tudo ao Deadpool , sem a ousadia deste movie um filme como Logan jamais existiria no universo da FOX…

  • DarkSlayerSigma

    Achei fraco, só curti a violência.

  • Erivelton Freitas

    Sinto muito você pensar que eu não posso opinar sobre algo que eu não gosto só porque vai ter gente que vai discordar! De novo, não sou obrigado a me calar só porque você não aceita que não exista unanimidade. Vou falar que não gostei sim e que é um lixo sim, e ponto final! ^^

    • Tulius Alves

      Não é questão de não opinar, alias não é necessário opinar de tudo, antes de criticar agente precisa se informar, como posso dizer por exemplo que um professor de inglês está ensinando errado se não entendo nada da disciplina?

      Erivelton não gostar do filme é PERFEITAMENTE ACEITÁVEL, MAS, você já veio com o coração fechado, você:
      -Não viu o filme.
      -Não quis abrir mão desse “perrengue” de MV vs DC.
      -E pior, não queria nem saber ouvir falar sobre do filme.

      Pergunta? pra que você perdeu tempo comentando sobre ele ou buscando se informar?
      No fim das contas Erivelton você não fez diferente de uma pessoa que joga pedras em outras, não por auto-defesa mas simplesmente por não ter motivos, o único que talvez possa existir… é o prazer de ser INTRANSIGENTE.
      Mas não se camufla violência gratuita com um mero “é minha opinião” pois por mais simples e democrático que pareça a índole por trás dela já foi detectada.

      Enfim, melhoras rapaz, porque isso não é atitude decente.