Divulgação. © Marvel / Netflix

As séries dos heróis da Marvel na Netflix tinham um objetivo muito claro, pois serviam de contrapartida para o Universo Cinematográfico dos Vingadores. Séries urbanas que além de estarem situadas numa impetuosidade absurda, passariam longe de qualquer megalomaníaca como qualquer filme de super-herói, no entanto, toda essa premissa foi jogada e esquecida pelos produtores, que tornaram Os Defensores uma série arrastada e tediosa

Demolidor, Jéssica Jones, Luke Cage e Punho de Ferro foram apresentados em suas devidas séries, mas mesmo assim, aqui, existe uma necessidade e preocupação em exigir de cada personagem um arco que ao decorrer dos primeiros episódios se interligam com a Organização Tentáculo, a antagonista da trama, cujo principal objetivo é acabar com Nova York. Sim, apenas destruir a cidade e seus habitantes, com direito a terremoto.

Matt Murdock em sua fase de Demolidor caído e longe das ruas, é o que mais se destaca, deixando o espectador ansioso para a próxima temporada de sua série própria. Jéssica Jones (Kyrsten Ritter), embora seja a personagem que mais se encontra no automático, sempre de mau humor, consegue uma boa química ao lado de Murdock. Já Luke Cage (Mike Colter) e Punho de Ferro (Finn Jones), entregam o desenrolar de um belo atrito entre um bilionário playboy e um indivíduo que apenas quer ajudar sua comunidade da forma que pode.

Jones não foi a melhor das escolhas para o papel de Danny Rand, parece que anos de treinamento não deram a Danny experiência, a cada vez que o ”monge” recebe a palavra da vez, acaba sendo cortado ou difamado por qualquer personagem que esteja ao seu lado.

Por muitas vezes a produção comete equívocos. São coreografias de luta mal executadas (logo no início do primeiro episódio, Rand protagoniza uma cena confusa e completamente mal dirigida) e a péssima qualidade é algo constante durante toda a série, algo a se estranhar devido a quantia de episódios da produção ter sido reduzida. Existem até situações que não fazem o menor sentido e apenas preenchem tempo, como os defensores decidirem levar seus amigos para.. a delegacia (porque com certeza a policia é a melhor aliada quando trata-se de um confronto com ninjas místicos que nunca morrem). E vale ressaltar que desde sua aparição, a vilã Alexandra não tem a menor justificativa para sequer ter existido; é a coisa mais genérica possível sabermos que ela está a beira da morte e logo menos ser morta num plot twist terrível, tornando Elektra a principal ameaça da série.. um erro fatal. A personagem foi o elo mais fraco da segunda temporada de Demolidor, e novamente somos forçados a ver seu romance com Matt Murdock.

Diminuir a quantidade de episódios não foi suficiente para que Os Defensores tivessem sequer boa qualidade. As séries da Marvel tem decaído e aqui não há nada que difere-se.

Resta aos fãs esperar que o terceiro ano da série do demônio de hell’s kitchen seja excepcional como as temporadas anteriores, e continue com sua superioridade dentre as outras séries da Marvel na Netflix.

  • Igor Lucas

    Compartilho o sentimento de decepção.

  • Clayton Fischer

    Realmente, em alguns momentos senti que estava vendo um episódio de Power Rangers, principalmente nas lutas finais, só que infelizmente nenhum deles “morfava” para demonstrar mais poder… E o único que “morfa”, o Punho de Ferro, é o pior herói entre todos ali, a mão só serviu como lanterna nas cenas escuras.

    E o Demolidor foi mesmo o melhor da série, apesar dele ter a pior vilã como interesse romântico. Falando em vilões, os “cinco tentáculos do Tentáculo (???, entendo que foi dublado assim para os fãs dos quadrinhos, que liam desde criança e estão acostumados com as adaptações da época, mas “A Mão” e os “Cinco Dedos” fariam muito mais sentido aqui), são ridículos. Dão tanta banca pra eles, que realmente é de se ter medo, mas quando aparecem, se provam bostas. Mas mesmo assim fazem com que os “heróis” tenham medo deles, e ainda dos ninjas, que adoram mostrar a cara. Mas o pior vilão de todos, que fizeram os mocinhos ficarem com tanto medo que tiveram que juntar uma porrada de explosivos pra acabar, foi sabe quem? Um prédio vazio XD.

    Mas a série não foi um fracasso total. Digamos que foi apenas um meio de provar que estes heróis, apesar de tudo, ainda moram na mesma cidade, e tem que aparecer juntos de vez em quando pra dizer que lutam pela mesma causa, porém, é melhor quando cada um está em seu devido canto. Menos o Punho de Ferro, este nem deveria ter mais um canto na Netflix.

    • son

      Uma coisa: na segunda temporada de DD eles colocaram varios ninjas na cola do matt e da Elektra, na série dos defensores pareceu que nem tinham soldados. Basicamente a Elektra chegou e bateu em todos(algumas cenas ficaram um pouco confusas)

  • Eduardo Oliveira

    Decepcionado?
    Talvez, mas dizer que a série é entediante é um equivoco, sim nos dois primeiros episódios essa monotonía é explicavel por reapresentar a realidade de cada um deles antes da união contra o tentáculo, e isso foi de certa forma bem trabalhado pela Netflix que entregou apenas 8 episodios, ou seja essa encheção de linguiça costumera das séries da Marvel/Netflix poderia ter sido pior, mas não foi e isso é um ponto a ser considerado ao fato da série ter sido dinâmica dentro do que o roteiro entroncado da série tentou apresentar, agora um fato no qual eu concordo com a análise são as cenas de luta mal feitas, parece que o descapricho da série do Punho de Ferro nesse quesito foi apenas amenizado tamanha sua ruidade referente a sua primeira temporada, no mais eu consegui me divertir com a série muito por causa da química legal entre os personagens principais, Murdock e Jones foram os melhores por consequência de suas respectivas séries os terem melhor construido, ao contrário do Luke e do Danny que não foram brilhantes em Os Defensores mas melhoram minha impressão quanto eles.

  • neto valdeir

    Não ví erro nenhum nessa série gostei muito por ter uma união orgânica dos personagens o mesmo vale Pra narrativa da série rapida é divertida sem forçar a trama até porque, cada membro tem sua própria série como apresentação antes de se unirem num enredo de 8 episódios, não teve nada fora do normal reveja as outras séries Marvel/Netflix e vejam como tudo se interligam.

    • toygame lan

      cara como vc não viu os erros,a analise retratou bem os erros da serie

  • Marcos

    Só achei falta de ousadia ao se manter no nucleo urbano sem explorar CGI e outras coisas incriveis do MCU , parece que as series da Netflix vao ficar nisso mesmo…

  • toygame lan

    Cara a serie foi um decepção e tanto,alem de ter eps bem arrastados e monotonos,a interação dos personagens funciona até certo ponto e depois fica algo bem repetitivo,os viloes são algo ridiculos,os membros do tentaculo nem tem uniformes de ninjas como na 1 temporada de DD e os fundadores são a coisa mais sem sentido que existe,a Alexandra tem a motivação mais cliche do mundo e tenta fazer um conexão com elektra que vai para lugar nenhum e ainda vem com a historia do ceu negro que não tem nada de especial,fora gao que antes era otima personagens e virou coadjuvante e ainda tem o japa que não fala ingles e o bakudo que volta e acaba só morrendo mesmo sem nem deveria existir nessa trama.

    As cenas de ação são pessimas demais e muitas vezes desnecessaria com movimento acrobaticos ridiculos.

    O climax da serie é que o tentaculo é uma organiação maligna que tem ser combatida e que irá destruir a cidade,mas o impacto disso é ridiculo,só tem o terremoto e mais nada.

    A series terem mais temporadas não vai dar certo,jessica jones eu tentei assistir e parei no 3 eps e não vejo o por que de ter mais tempirada,luke cage até que vai mas depois do 8 eps a coisa é patetica e não acho que deveria ter mais uma temporada,punho de ferro que deveria ser uma serie de artes marciais e misticismo se resumiu a uma trama familiar horrenda e cenas de ação que são a pior que os dos super sentais e o ator é uma bosta total no papel do personagem .

    A ultima esperança é o justiceiro,mas esse tem que melhor tbm as cenas de açãos e a trama

  • Gabi

    Ainda não vi então não posso julgar mas….. meu hype está bem baixo, vixe de for pior que Punho de Ferro eu paro de ponhar hype em série da Marvel

  • son

    Eu gostei, não foi nível demolidor, mas gostei.

    Claro que parando pra analisar, o grande evento que estavam trabalhando desde o começo no universo das séries foi esse, ai sim, foi uma decepção das grandes.