Divulgação. © Disney

Andi Mack é uma série que já nasceu quebrando barreiras no Disney Channel. Desde sua história de base, que envolve Andi descobrindo que sua mãe na verdade é sua avó, e a garota que ela sempre pensou ser sua irmã mais velha é na verdade sua mãe, Andi Mack é a série mais madura que o canal já teve.

E isso promete perpetuar nos novos episódios da série, em que acompanharemos o primeiro arco de história de um personagem gay da Disney. Segundo informa o The Hollywood Reporter, na estreia da 2ª temporada, Andi estará lidando com seus sentimentos por Jonah, e seu melhor amigo Cyrus também notará os mesmos sentimentos.

Ele então segue para contar para Buffy sobre o que sente, mas tem dificuldade em achar um jeito para fazer. Essa cena vai dar início à jornada de auto descoberta e aceitação do personagem, que será mostrada nos episódios subsequentes. De acordo com o Disney Channel, a cena com Buffy servirá como um modelo positivo para crianças e adultos que passarem pela mesma situação.

Andi Mack é uma história sobre adolescentes descobrindo quem são, e seu lugar no mundo. Criada por Terri Minsky (Lizzie Mcguire), a primeira temporada teve seu episódio final exibido no último domingo (22) no Brasil. A segunda temporada estreia na sexta-feira (27) nos Estados Unidos.

  • Orlando Naninho

    me lembra alguns, doramas LGBT tailandeses e alguns filmes LGBT japoneses essa historia , a diferença é que tanto na Tailândia quanto no japão o caso LGBT é o foco principal, quando acontece. Mais esta mesmo muito parecido com uma serie norueguesa SKAM onde também na 2º temporada acontece basicamente o mesmo que acontecerá ai. xD

  • Vhaf

    Legal ve diversidade numa série infantil. Não sei pq as pessoas tratam isso com maior medo de temas mais complexos.

  • Erivelton Freitas

    Vai dar Treta. Infelizmente, a audiência ainda não está preparada para isso… Existe muito preconceito, desinformação e uma Histórica Construção Cultural/Social que vai contra essa formação de Opinião e Educação sobre Respeito a Diversidade.

    Aqui no BR será um escandalo, gente dizendo que a vai cancelar a assinatura da TV a Cabo dizendo que a Disney quer doutrinar suas Crianças com Cultura Gay e Ideologia de Gênero, gente dizendo que vai boicotar a Disney e outros gritando: “deixem nossas crianças em paz”.

    Quero só ver o Circo de Ignorância e Intolerância. A Pagina do Disney Channel no Facebook vai virar um Inferno.

    • Gugax

      Boicotar é direito de qualquer pessoa, se estes pais consideram o conteúdo maléfico para seus filhos eles podem expor sua opinião e impedir os filhos de assistir o canal, isso tem que ser respeitado. Da mesma maneira que os pais que querem ensinar ideologia de gênero aos filhos ou sobre historia LGBT também tem que ter sua decisão respeitada.

      Não que eu concorde mas cada pai cria seu filho a sua maneira é direito deles e outra coisa ninguém passa a ser tolerante por causa de serie de TV.

      • Erivelton Freitas

        O ensino do RESPEITO ao próximo nunca pode ser considerado como Maléfico para ninguém. Que tipo de formação uma pessoa que é limitada pela Visão Preconceituosa pode ter, afinal?! Isso gera mais Ódio e Intolerância, então essa discussão está muito acima do que uma pessoa em particular entende como certo e errado. Essa discussão é necessária porque Homofobia Mata e o pior, é ensinada!!!

        E sobre a idéia de Boicote: Censura é o princípio básico do Fascismo!

        • Seto Kaiba

          Eu discordo, na verdade são os LGBTs que não respeitam a sociedade! Sempre existirão pessoas que não concordarão com a homossexualidade e os LGBTs estão forçando uma aceitação na base da chantagem. Ou aceita, ou você é preconceituoso e a sociedade deve ficar contra você!

          Essa conversa de preconceito e racismo sempre é uma via de duas mãos, não de via única como a maioria das pessoas acha.

          Eu até posso aceitar homossexualidade, porque ninguém é fiscal de orifício de ninguém, mas sou contra TOTALMENTE mudança de identidade de gênero!!! Isso é absurdo!

          O ponto bom da homossexualidade, é que com isso a população do mundo vai cair bastante, e a partir de um ponto, a humanidade vai ficar a beira da extinção, porque está merecendo!

          • doko

            Queridão, você demonstra medo e ignorância no tema.
            – Pais gays criam filhos adotivos que são heterosexuais.
            – Pais gays podem contratar uma barriga de aluguel e usar inseminação artificial pra ter seus próprios filhos (biológicos, não adotivos).

            E finalmente, com o fato de que aprox. 95% da população mundial se identifica como hétero (LGBT é uma minoria, afinal), a humanidade vai ficar hiperpopulosa pra sempre. Você não tem com o que se preocupar.

            O problem é de direitos humanos, não de extinção.
            Veja se você não está projetando os seus próprios medos de não você ter filhos porque não encontra mulher, em gente que não tem nada a ver c/ isso…

        • Se o que você disse aqui tem a ver com a sua postura no cotidiano, você não é discriminado porque é bichinha, é discriminado porque “enxerga” na sociedade o que VOCÊ é. Se você fosse um assaltante, diria que um branco não sabe o que ter a polícia atrás dele.
          Mas é claro que respeito só é um direito para nós LGBT mulheres negras esquerdistas.

          • Erivelton Freitas

            Uma pessoa historicamente privilegiada na Sociedade vive chorando simplesmente porque está perdendo o privilégio de continuar diminuindo as demais pessoas por conta de sua cor, classe social, se@#dade e outros fatores com os quais essas pessoas não tem culpa de terem nascido ou sido.

            Enquanto for esse o respeito que a classe dominante quer, o respeito de ter a liberdade de continuar sendo opressora e estar nadando em privilégios enquanto o resto de nós continua sendo subjugado, então não, não vai haver respeito para ninguém que realmente não mereça!

            Agora eu pergunto, que respeito branco, hétero, homem de direita, cristão merece ter se nunca na vida ele foi desrespeitado por isso?!

            O problema não é a que a classe dominante está sendo desrespeitada, a questão é que os marginalizados estão simplesmente se igualando aos burgueses e isso incomoda quem sempre esteve por cima. Você, inclusive e a notar pelo comentário, enquadra-se perfeitamente nesse quesito. Sinto muito se você não concorda, mas se você não faz parte do grupo, então só tem que calar a boca e curtir seus privilégios, que adivinha só, e pasme, não são exclusivamente seus.

    • Nero ZeroX

      Off.: Mas depois do que aconteceu com A Lenda de Korra onde varias emissoras, sites e afins fizeram um estardalhaço quando mostraram a opção da protagonista …mostra que certas pessoas não estão preparadas para aceitar ideologias,opinioes e outros diferentes. Off : quem tem que julgar o que é bom ou não para as crianças são os pais e não midias,o Estado, ONGs e outros…

    • Falou tudo Erivelton infelizmente a sociedade brasileira ficou congelada nos anos 30 do século passado

  • Matheus Nascimento

    Héteros bravos em 3… 2…

  • João Carlos

    Não vale reclamar, tem que ser muito burro pra não perceber que o Cyrus é claramente gay, nem precisa se esforçar.

  • Lex Taka

    Caramba , que bom que eu já cancelei minha assinatura desta porcaria , a tempos .

  • Clayton Fischer

    Deveriam esperar a Globo colocar “oficialmente” algum personagen LGBT na Malhação, daí qualquer outra série infanto-juvenil estaria praticamente liberada também.

  • Seto Kaiba

    Viva as cotas! Agora é LGBT!

    Andi Mack teve uma temporada legal, mas por causa disso eu DROPEI desde já!

    Lá nos EUA a coisa já liberal demais, lá tem até caso de criança de 6 anos LGBT! Um menino que se sente uma menina e se recusava a usar o banheiro masculino, a escola obviamente não deixava ele usar o banheiro das meninas e ele se molhava nas calças e os pais estão processando a escola!!! Repetindo, uma criança de 6 anos!!! E esse o Cyrus tem 13 anos!!!

    Nem com 18 anos acho que a pessoa tem maturidade para definir sua identidade de gênero, imagina com 13 anos!!! Disney pisando na boa!

    Sabe porque os clássicos antigos eram bons? Porque os personagens eram assexuados e não tinhas essas “cotinhas”!

    • Matheus Nascimento

      mimimi

      • Geo Hikari

        Agora realmente você quer se considerar um que “saiu do armário”. Como vai indo as novelas da Globo?

      • lucas guida

        Seto Kaiba por favor, me responda uma coisa, Por que você só sabe ser PESSIMISTA?

    • son

      Exatamente, cara.
      Eu acho incrível o que essa “Ondinha”está fazendo. Tentando atrelar a idéia de se@#/ade em crianças desesperadamente.

      “Sabe porque os clássicos antigos eram bons? Porque os personagens eram ass@#/dos e não tinhas essas “cotinhas”! ”
      Falou tudo, e ainda que existissem alguns personagens que você via que eram “diferentes”, isso não era esfregado na sua cara e usado pra alguma agendinha política.

      Eu gosto sempre de falar dos animes, como Dragon Ball. O personagem “whis” não incomoda justamente por ele ser assim mesmo, essa foi a característica que o autor deu pra ele, não foi pra agradar movimento x ou y.

  • Eduardo Oliveira

    Ok, trama legal, personagens profundos e tal mas por favor cara são crianças que vão ver isso, é sério que criança pequena ao invés de ver algo um pouco menos maduro mas sem subestimar sua inteligência como algumas animações fazem hoje em dia já tenham que se preocupar com ideologia de genêro?
    Se essa série fosse algo para maiores de 14 ou 16 anos eu não estaria aqui pra discutir sobre algo que já está enchendo o saco e se é certo ou errado mas a partir do momento que vc quer forçar discussões para pessoas mais velhas à crianças isso mostra a situação da sociedade.

    • João Carlos

      Essa seria eu acho que so é entendivel apos os 10 anos… Então , tudo nos conformes…

  • Ainda bem que eu não assisto isso.

  • son

    Eu não vou entrar na discussão, mas é incrível como tudo que você fala parece um incrível ctrl c + ctrl v.

  • Vítor Marra

    Recado pra algumas pessoas: Se você, comentarista do ANMTV, que não consegue pensar no próximo e ser a favor de representatividade, pelo menos tenha o mínimo de decência e não use a área de comentários para esbanjar toda sua ignorância e seu ódio irracional, caso contrário será banido.

    #paz

  • Louiz

    Não vejo problema nisso, se pode ter casal hétero então por que não pode ter casal gay?

  • Geo Hikari

    Minha opinião: a Disney devia criar seu próprio Adult Swim.

    Saudades do tempo em que os gêneros eram normalizados,sendo homens como homens,mulheres como mulheres e os do meio como os do meio.

  • Thiago Lima

    Cara, eu acho o seguinte: não quer ver, não veja. O que não falta é canal e serviço de streaming pra assistir…

  • Mais uma grande corporação explorando a temática LGBT para pagar de cool.

    • SaintARMOR

      Há uma grande indústria em torno da temática hoje em dia. E as grandes empresas aproveitam disso por questões mercadológicas óbvias.

      • Ramon Dom

        Eu acredito que vai além disso…

        • SaintARMOR

          Dentro dessa indústria também há aqueles que possuem interesses mais escusos além do puro lucro.
          Tudo isso parece teoria da conspiração olhando de forma superficial, mas quando você realmente estuda o assunto vê que o buraco é mais embaixo.

          • Ramon Dom

            Sim, parece mesmo, mas a coisa é realmente mais embaixo.

            As empresas já perceberam que forçar essa agenda progressista não da retorno suficiente, mesmo assim continuam…

          • Forçar só leva mais a rejeição, se esse público fosse realmente um consumidor significativo por que outros icentivos para este não deram lucro como o Sense 8?

  • Felipe K7M

    Esperando o dia em que isso pare de se tornar notícia e seja uma introdução comum porque realmente é, pessoas LGBT sempre existiram e sempre vão existir na sociedade.

  • Tori

    OK…mas…me explica qual é o fundamento disso em um canal que deveria ser de entretenimento? :v

  • SaintARMOR

    Só uma coisa: respeito não é sinônimo de aceitação.

    Pessoalmente eu sou a favor da aceitação da homossexualidade, seria bom se todos realmente aceitassem, mas o que é obrigatório é o respeito e a tolerância. E respeito e tolerância, por mais que sejam condutas sociais, não são relativas ao que gostamos ou preferimos. Gays devem ser tolerados, mas ser tolerado é diferente de ser plenamente aceito.

    Um exemplo de plena aceitação seria se os gays ganhassem o direito de se casarem na Igreja, o que iria contra todos os dogmas dela; e em seu âmbito privado a Igreja tem tanto direito de ter seus dogmas respeitados quanto os gays tem seu direito de irem e virem na sociedade sem serem agredidos ou intolerados por isto.
    No entanto, gays não devem ser proibidos de adentrarem igrejas, já que isto vai contra a ideia de tolerância.
    Tal é a diferença básica entre tolerância e aceitação plena.

    Só quero frisar isto, pois é bom que seja claro. Grupos minoritários devem ser respeitados e terem seu lugar na sociedade, mas não devem ser aplaudidos por cada coisa que fizerem. E lendo discussões internet afora – esta inclusa – , tenho a impressão que muitos querem é ser aplaudidos independentemente da situação ou da condição.

    • Erivelton Freitas

      O problema é bem mais em baixo do que a simplicidade de compreensão que seu comentário traz. Mas já tenho uma experiência com seu pensamento de Centro-Direita e não perco mais meu tempo discutindo, não contigo!

      ‘Eu respeito, mas não aceito’ é uma das frases mais hipócritas que alguém poderia dizer… Mais do que isso, É MENTIRA!

      Uma pessoa que fala algo assim, não é uma pessoa que verdadeiramente entende a causa, que verdadeiramente sabe o que os outros passam. Na verdade, heterossexuais, e falo dos que se dizem compreensivos, meramente podem imaginar o que uma pessoa da comunidade LGBT passa, e é por esse discurso de ‘falso apoio’, que se sabe que a Comunidade LGBT ainda tem muito, mas muito mesmo pelo o que lutar!

      Sempre foi muito crítico do Radicalismo nos movimentos LGBT, mas agora, embora ainda não concorde, compreendo melhor o que eles dizem ao generalizar os héteros!

      • SaintARMOR

        Já que você não perde tempo discutindo, então eu dou um último argumento:

        Pessoas possuem o direito de fazerem respeitar independentemente de suas condições, mas também tem seu direito de terem seus valores preservados.
        Uma pessoa tem direito de ser contra o casamento gay por motivos religiosos por exemplo. E ela não é fascista por isso. Ela não odeia um grupo por pensar de tal forma.
        Preconceito infelizmente existe, agora, há de se diferenciar o que é preconceito do que não é.
        O que deve prevalecer é a não-agressão e ponto. Agora, se for para empurrar valores forçados à outras pessoas, isso caracteriza uma ditadura e tira toda a liberdade do ser. Nos dias de hoje é a justiça social enquanto ideologia que tem esse papel para si.

        O que parece é que estão querendo inverter a balança aos poucos. Se antigamente minorias eram de fato execradas e discriminadas, aos poucos hoje se usam do estado para inverter essa situação. A agressividade do seu comentário ilustra isso.

        No mais, eu não sei realmente o que homossexuais em geral pensam, até porque eu procuro não os ver como um grupo coletivo, mas como um conjunto de indivíduos que podem se portar e pensar de maneira diferentes entre si. E claro, eu não leio mentes. Mas até então, isso não refuta o que eu disse antes.

  • Zarchary Rabbido

    Ainda bem que minoria ainda mais essa dai não faz muito view

  • Matheus Nascimento

    Tá bravo?

    • Não, analítico.

  • Raul Zavarezzi

    Cara na moral… TU SÓ FALA BOSTA…

    • Erivelton Freitas

      Disse um cara que não suporta a verdade! Desculpe se mal encostei na sua heterossexualidade e ela já se quebrou! ;)

  • Lasriel

    Infelizmente se passar no Brasil pessoas vão querer julgar a Disney

    • ARTURNOs

      Normal depois de um tempo o assunto morrer, por exemplo o episodio Só Amigos de star (Sobre os caras da platéia se beijando) foi exibido sem cortes no brasil depois de 6 meses da exibição original e o assunto já tinha morrido.
      https://www.youtube.com/watch?v=K_T3JEfBeUc

  • No final quem chilica não consome e quem lacra não vende.

  • Anarcopunk Heroi.

    Não vou nem ler comentários ai embaixo é tudo mimimi dizendo que nós LGBTs queremos mais direitos e mais representatividade que pessoas Heterosseuxais e Cis Generos e que queremos influenciar as crianças, pqp !!