Divulgação. © Funimation

A aquisição da Funimation Productions, gigante do ramo de distribuição e licenciamento de animes nos Estados Unidos, sacudiu o mercado e o público com o negócio. Recentemente, a Sony divulgou um comunicado onde confirma que o acordo para compra da empresa foi fechado por 150 milhões de dólares, valor superior aquele que havia sido revelado em agosto.

O acordo agora precisa ser aprovado por orgãos regulatórios e determinar algumas condições legais. O atual CEO da Funimation, Gen Fukunaga, terá uma participação minoritária e continuará com seu cargo. A Funi divulgou em seu Twitter uma mensagem anunciando que agora pertence oficialmente a família Sony.

Andy Kaplan, presidente mundial da Sony Pictures Television já havia dito que há quase duas décadas os canais da Sony ao redor do mundo tem sido uma janela de grande importância em relação ao espaço dado aos animes, e que nos últimos anos a Sony expandiu ainda mais as ofertas digitais e mundiais para seu público. Com a compra da distribuidora, combinada ao IP do Animax e Kids Station (canal infantil do grupo no Japão) e agora a Funimation, será possível levar o melhor da animação japonesas em todas as telas e plataformas.

A Sony Pictures Television opera no mundo diversos canais de TV por assinatura, entre eles o Animax, voltado para os animes, e o Crackle, sua plataforma de streaming. Ainda não se sabe o que vai mudar na forma com que a Funimation negocia seus títulos, e quais os planos da Sony para expandir a empresa.

  • O negócio agora foi fechado de forma oficial e nem sempre quer dizer que quando anunciam antes o acordo foi totalmente fechado. Acredito que agora os acionistas aceitaram todos os termos após ler a proposta, tanto que o valor de compra aumentou. Adquirir uma empresa não é assim tão simples como pensamos.

    • Eryk Oliveira

      Entendo que existe um procedimento demorado. Mas a minha duvida era que na época que anunciaram, já tinham justamente feito tudo isso. Mas tudo bem.

      De qualquer modo, agora é pra valer, não é?

  • Com todo esse dinheiro investido na Funimation não dá pra negar que a Sony pretende investir na marca internacionalmente.

    A princípio acho que começarão a investir de forma global nos animes Ataque dos Titãs e My Hero Academia, visto que esses dois animes chegaram recentemente ao CR por meio da Funimation, antes mesmo da Sony anunciar a aquisição da marca.

    • Ainda acho que eles vão tentar fazer uma expansão mais organizada do Animax, se não for isso será algo similar.

      • Eryk Oliveira

        Qualquer um dos dois seria ótimo.

        Mas supondo que venha o Animax, vai estar nos pacotes mais caros das assinaturas ou não?

        • Muito difícil não estar.

        • Carlos Dimitris

          concerteza a net vai coloca lo no top hd. kkkkkkkkkkk se vier né. contudo temos que lembrar que o animax é meio inviavel hj em dia devido a cota de programaçao nacional. O animax poderia voltar como um bloco no canal lifetime seria algo mais viavel que um canal proprio.

          • Bloco no Canal Sony ou no AXN até que faria sentido, mas não no Lifetime. Não é só porque esse canal substituiu o sinal do fracassado Sony Spin que ele deveria ter um horário para animes por lá, até porque ele é basicamente um “rival” do Discovery H&H por conta da sua programação meio “woman lifestyle”.

          • claudio

            A sony tem o canal cinemax e acho fica no pacote basico e podia ser mais outro emissora pra bloco de animes .

          • Carlos Dimitris

            de onde tirou isso. o cinemax nao é da sony e sim da turner, o canal pertence ao mesmo grupo dos canais hbo.

          • Cinemax é da HBO, não da Sony.

        • Zarchary Rabbido

          Sendo algo “mais chamativo” que atingiria um Grande público acho que seria burrice ir num pacote Básico como o Cartoon que tá em todo canto, talvez ele possa vir como DXD

        • Sim, seria um canal Premium.

          Claro que estamos falando numa remota hipótese ainda.

      • Assim espero. O Animax poderia continuar existindo por aqui por mais tempo se não tivessem inventado de enfiar sitcoms e séries teen goela abaixo da programação do canal e esconder sua programação de animes na madrugada. Aquela desculpa de “baixa audiência” não colava já que era um canal pouco acessível.

      • Dark Leon

        Espero que tenha muitos animes dublados no Rio de Janeiro se vier pra o Brasil e que não fique aquela mesmice que foi o animax onde tudo era dublado na Álamo até reclamarem e Death Note foi dublado no Rio ainda bem. A dublagem dá Álamo era ótima porém repetia demais , mas espero que não tenha títulos com dublagem de campinas pois vai ficar uma porcaria como foi o fiasco da dublagem de Kuromukuro ,Blame ,ID Zero Etcetera..

        • Ainda é muito cedo para se pensar num retorno do Animax por aqui. Primeiramente é possível que invistam em pelo menos dois das centenas de animes que a Funi licenciou inicialmente para o mercado norte-americano, desta vez em diversos países através do mercado de home-video, e depois disso resolvam enviar para alguns streamings.

        • Noir Fleurir

          A Sony não mandou nada do Animax ser dublado fora da Álamo. Death Note só veio dublado no Rio pro Animax porque a dublagem já havia sido feita lá antes de ser adquirido, a mando da Viz Media. Mesma coisa aconteceu com Bleach, que foi dublado na CBS a mando da Viz e depois adquirido pelo Animax.

        • Carlos Dimitris

          aposto que vai dublar tudo em sao paulo se vierem mesmo a dublar algum anime por aqui.

      • João Carlos

        Reviver o Animax seria algo estranho, afinal o canal morreu na Alemanha esse ano… Acho que não fariam isso se tivessem planos de relançar o canal.

        • Pelo menos por lá o Animax se tornou um streaming exclusivo para animes, algo que a Sony “prometeu” lançar por aqui quando anunciaram o Sony Spin, o que não aconteceu…
          http://anmtv.xpg.uol.com.br/animax-online-projeto-e-descartado-pela-sony-na-america-latina/
          https://uploads.disquscdn.com/images/9c32b53809719d09d13b28f36bd3714e309f399ca4b3c9d88ba810ce2c71a3d1.jpg

          • Eryk Oliveira

            Aqui eles falam da forma de exibição de animes. Hoje em dia temos Netflix, Amazon, Looke e, ah! Não vamos nos esquecer da cr.

            Acho que me lembro de ter lido essa notícia. Se esse site tivesse ido para frente, eu com certeza teria pago a assinatura, só para eu ver os animes dublados em dia. Puxa….

          • Ao que parece pretendiam lançar o Animax como parte do catálogo do Crackle, que chegaria por aqui um ano depois. Apesar de não terem seguido progresso com isso, o Crackle já chegou a lançar alguns poucos títulos que passaram pelo Animax, como Bleach, Death Note e Rurouni Kenshin, além de alguns títulos inéditos como Kurozuka (legendado) e alguns animes da Marvel. Infelizmente todos esses títulos saíram do catálogo depois de um tempo e hoje em dia o Crackle aparenta não ter um anime sequer no seu catálogo.

          • Eryk Oliveira

            Talvez se mais pessoas acessassem o Crackle poderiam ter vindo mais animes, ou não?

            O pior é que eu sempre tentava assistir no site quando era de graça. Mas no meu PC pegava mal aí não conseguia ver tudo. O pior foi da vez que ia assistir esse anime do Homem de Ferro que tava até dublado lá, mas aí depois que eu ia ver o restante dos episódios TODOS tinham sumidos. Eu não fazia ideia com o que esse site queria fazer com os animes aí distanciei por causa dessa avacalhação.

      • Just_an_Asian_guy

        Acho que o Animax ta morto no formato dele. Não existe mais lucros absurdos se investindo em canal de televisão, é dar um tiro no pé. Acredito que é muito mais provável que invistam em algum serviço de streaming.

        • Também, mas agora seria a hora deles emplacarem a marca ANIMAX nos EUA. Digo isso porque a Funimation tem o Funimation Channel por lá, e agora que a Sony tem a empresa nas mãos, é capaz de expandirem o canal para os EUA e quem sabe depois o mundo.

          Streaming em si a Funi já faz isso, mas o mínimo que poderia ocorrer é expandir também o serviço internacionalmente.

          • Ao que parece nos EUA a marca Animax já é utilizada de uma forma meio que “escondida”, provavelmente como uma página de streaming de animes do catálogo americano do Crackle, segundo o que mostra na página global do Animax.
            https://www.animaxtv.com/

          • Havia algo do tipo assim por lá, mas não sei se ainda está ativo.

          • Eryk Oliveira

            “Expandir também o serviço internacionalmente” isso já deveria ser comum a tempos. Diria que é inadmissível não ter. Os mangás vendem direto aqui no Brasil, as lights novels começaram a ganhar força vindo para cá também, mas junto os animes ficarem nessa luta para vir? Mesmo com canais brasileiros dispostos a trazer títulos da Funi, eles jogam um preço absurdo de mercado pra quê? Eu estou torcendo para que, pelo menos ano que vem, tragam animes famosos e dublados aqui no Brasil graças a esse acordo da Sony e Funi.

          • É porque a Sony é pessima naquilo que faz pelo menos na América Latina. Na época o Animax era programado por pessoas que cuidavam dos canais de séries e não entendiam um pingo de anime, tudo para essa gente era apenas TV, por isso o canal tinha vídeos de cantores latinos mesclados a alguns de jpop, festinhas sendo realizadas em algum país para promover um bloco que no fim não tinha nada a ver com a proposta (Lolipop), e outros segmentos que nem vale a pena citar.

            Era uma coisa mal feita e nada bem planejada, e falei em inúmeras ocasiões na época: se este canal fosse programado pelos americanos, ao menos estaria com tudo certinho, mas era algo controlado por executivos latinos que acham que jovem e gosto de país é tudo uma coisa só. No fim deu no que deu.

          • Eryk Oliveira

            “Para eles era tudo TV” nunca vi palavras tão verdadeiras.

            Agora a gente ainda tem que contar com o profissionalismo deles para dar certo.

      • Akise Aru

        TV paga já era, eles vão é trazer mais animes antigos pra streaming mesmo.

        • Eryk Oliveira

          Pergunta para a audiência de DBS.

          Mas se cair em streaming seria legal também.

    • Carlos Dimitris

      mas de qualquer maneira isso é algo bem limitado de 10 animes da funi vem 3 a 4 animes vem pro brasil. o resto e exclusivo do canada e eua. isso acontece mesmo no streaming.

      • Consigo perceber isso. Em outros casos temos animes da Funimation sub-licenciados por aqui pela Sato, como é o caso de Devil May Cry, que na Netflix utiliza créditos em inglês vindos das masters do DVD americano da Funi.

  • Eduardo Oliveira

    Do jeito que as coisas andam ruins com a Sony me surpreende um bocado terem aumentado o valor de compra pela Funimation e espero que com o retrocesso econômico que eles vem tendo não atrapalhe as ações de possiveis titúlos que estariam sendo negociados como aqui no Brasil principalmente visto que o poder de barganha por aqui anda fraco com a crise.

  • Hydro Gun

    Há chances de animes que são distribuidos pela Funimation virem para o Brasil?

    • Felipe Estrela

      Bem, meu primeiro contato com AoT foi pela Netflix, com a dublagem da Funi. Acho provavel sim.

      • Runner GamesTM

        dublagem em aot ?

        namoral legendado eh bem melhor

        alem de que tem gritos pakas

    • Eduardo Oliveira

      Com certeza só que não dá pra saber quando.

    • Mordecai

      Sinto muito mais por enquanto não.

      E mesmo com novos donos a Funimation continuará com preconceito com a América Latina .

      • Não é “preconceito”, e sim falta de vontade em investir em países não-anglófonos pra não sair tão caro no bolso deles.
        É a primeira vez que uma multinacional do cinema e televisão se interessa na Funimation, e o preço no investimento foi muito alto. Uma hora ou outra alguma novidade a respeito disso vai surgir.

        • Carlos Dimitris

          nao tem nada de preconceito e sim money a funi nao quer investir em outros idiomas pois fica caro demais. fazer isso dublar animes pro espanhol, frances e portugues nao e algo que esta no orcamento da funi rs.

    • Rafinha

      Se tiver uma “Netflix” ou uma outra Plataforma (ps4 ou que de o mesmo acesso) Empresários com um bom planeamentos sérios com grana pra gastar para ter audiência e anunciantes porque não? é possível. Até lá nós vamos sucumbido o que temos a disposição pra assistir os animes atualmente.

    • Carlos Dimitris

      Apesar da parceria que tem com o cr . diria que 60% dos animes como sempre sera exclusivo para canada e estados unidos.

    • Eryk Oliveira

      Se o “conteúdo” passou a pertencer a Sony e a empresa quiser trazer, chances tem.

      • Esse é o problema.
        A gente não sabe se ela realmente quer isso! hehehe

        • Eryk Oliveira

          Se a Sony do EUA mandar os animes para a Sony Brasil daqui da mesma forma que eles trazem as séries da Marvel (agentes da shield e agente Carter), não faltará animes. Claro, eu conto com isso “SE” resolverem trazer. Mas na minha opinião eles vão trazer sim. Se não, a Sony não teriam comprado a Funi. Animes são uma grande media, não muito diferente dos filmes e séries. E é ilógico não trabalhar com eles internacionalmente da mesma forma que trabalham com filmes e séries. É por essas e outras que animes se “tornaram um nicho”, separado destes mesmos, dividindo o público que gosta só de séries e filmes, e ficando com um pé atrás com os animes. Embora isso esteja acabando ultimamente.

  • Gustavo

    Espero que isso sirva como porta de entrada para mais animes aqui no Brasil e quem sabe até mesmo o Animax ser revivido…

  • Yellow Hair

    Não boto fé que a Sony/Funimation trabalhe aqui… sinceramente…

    • Zamasu

      E nem eu,por isso não me iludo com essa fusão .

  • Noir Fleurir

    Volta, Animax

  • Mordecai

    Só vou ficar alegre com essa fusão quando eu ver benefícios vindo para o Brasil como a volta do Animax por exemplo ou a criação de um novo canal de animes por aqui enquanto isso não rolar nem me empolgo com isso.

  • Dark Leon

    Apenas me preocupo que alguns animes sejam dublados em campinas e fique a mesma porcaria que foi Kuromukuro e Blame, espero que isso não aconteça com os novos animes da Sony Pictures

  • Carlos Dimitris

    ou seja muitos animes serao bloqueados aqui no brasil e america latina.

  • Alexsandro Gonçalves de Magalh

    Espero que isso facilite a distribuição de animes da Funi como One Piece por aqui.

    • Eryk Oliveira

      Vamos pedir para a Rede Brasil passar One Piece da Toei dublado. O mesmo cara que trouxe CDZ e DBZ pode trazer One Piece também.

  • ARTURNOs

    ta mais pro um mendigo do youtube kkkkkk

  • Dark Leon

    Quando achava que a voz do Wakya era uma merda veio outra pior escalação em Beyblade Burst a voz do Ukyo asissta e veja a merda que ficou ele aparece no EP 18.

  • ❀ 宮古中川 ❀

    Isso aquilo vai facilitar que vendas de Blu-Rays, streaming e TV Paga no Brasil???

  • É uma ideia ainda vaga tudo isso, mas se a Sony de fato quiser ganhar dinheiro vai expandir o negócio, seja via streaming ou TV.

  • Disseram numa entrevista que eles não tiveram verba suficiente para dublar todos os títulos que eles enviaram para a Netflix. Os filmes live-action que a Sato mandou pra lá recentemente também estão sem dublagem.
    No entanto a empresa tem informado pelo Facebook recentemente estar aberta a algumas sugestões e críticas, e algumas pessoas na página (inclusive eu) tem questionado à Sato se pretendem adicionar dublagem em alguns títulos que estão por lá, e o máximo que disseram é que “tal possibilidade está em estudo” ¯_(ツ)_/¯

    • Eryk Oliveira

      Espero que traga todos os títulos da Funi e dublem todos eles! ¯_(ツ)_/¯

    • claudio

      Acho o sato pesquisou pouco e faltou ver mais opções dos estudios desconhecidos e novatos nas capitais de sp e rj que cobram pouco pra dublar e talvez com maioria e todo novo elenco de dubs . OBS; um dublagem barata não significa ruim sem ter visto como ficou resultado. Pode existe um chance que dublagem de pouco custo tem qualidade.

  • Com a Sony no comando não é difícil de algo mudar a respeito disso, pelo menos um pouco.

  • A Angelotti é basicamente apenas uma “anunciante” da Toei. O “seu Luiz” atua como representante da Toei e é o próprio estúdio que negocia, vende o anime e contrata o estúdio para dublar.

  • Eduardo Oliveira

    Se eu falasse que não acreditaria num investimentos deles aqui no Brasil eu estaria sendo pessimista para o pessoal do site e se eu falo que acredito na ipotese de acontecer algo desse tipo eu estou sendo muito otimista, ai complica cara kkk

  • claudio

    Esse lifetime parece a sony vendeu tudo ou parte pra ao grupo A&E , se foi todo o canal e acho dificil animes aparece no lugar desse canal sendo bloco do animax ou subtitindo o lifetime pra canal de animes.

  • Jardel

    E que venha pra cá! <3

  • Jardel

    A Netflix fez uma pesquisa e constatou que o Brasil é o terceiro maior país que mais assiste animes. Como resultado, estão dublando vários animes. Se a Sony viu essa pesquisa, ainda há esperanças.

    • Carlos Dimitris

      mesmo assim o catalogo é bem inferior ao catalogo americano em termos de animes e nem se compara a nenhum país asiatico. enfim. ;/

  • Mateus

    ”quase duas décadas os canais da Sony ao redor do mundo tem sido uma janela de grande importância em relação ao espaço dado aos animes”

    Acho que a Sony está preocupada com as crescentes aquisições de animes pelas plataformas de Streamings, um exemplo disso é a Netflix que vem a cada ano deixando seu catálogo mais gordo. Por isso a compra da Funimation, todavia estou fazendo uma analogia das notícias, mas tudo indica isso, só ler o que o presidente mundial da Sony disse aí em cima, eles não querem deixar outro assumir esse papel.