Divulgação. © Warner Bros / DC Comics

Em entrevista ao portal IGN, o ator Joe Morton, que interpreta Silas Stone, pai do Ciborgue (Ray Fisher) em Liga da Justiça, revelou que as refilmagens que o filme tem sofrido foram para suavizar o tom da produção, algo muito criticado em Batman vs Superman: A Origem da Justiça.

Eu já fiz a minha parte nas refilmagens comandadas por Joss Whedon, são apenas alguns pequenos trechos que nada interferem a trama, são para amenizar o tom. Sei que algumas mudanças serão feitas no Ciborgue, principalmente no tom de sua história de origem. Também ouvi que o estúdio viu o filme como muito sombrio e por isso essa necessidade. Não sei dizer mais sobre isso.” declarou.

Anteriormente rumores apontavam que as refilmagens seriam para acrescentar maiores diálogos, e que o custo estaria bem acima do praticado, em torno de US$ 25 milhões.

Liga da Justiça chega aos cinemas em 16 de novembro.

  • Gugax

    Eu sempre preferi filmes de heróis com um tom mais sério, do que com cara de comediazinha!

  • CYRAX

    Não pode ser sombrio agora, porque a franquia do título ainda não está consolidada. No futuro seria mais apropriado e menos ariscado do que agora.

  • Eduardo Jose de Andrade

    Esquadrão suicida era pra ser um filme,e foi aquilo,até divertido pra mim mas PQP queria o SS original! espero que LJ seja pesado igual os trabalhos da DC,até a Marvel com Thor vai deixá-lo pesado!

  • Davi

    Sabia!
    Estão mudando o tom sério do Snyder. MAS não sendo um Esquadrão que a Warner ferrou tudo bem. O que vale é o filme ser bom e não cair pro lado galhofa.

  • Luana Lordelo

    Um filme muito sério não fica legal e piadas a cada 5 minutos também, é preciso um meio termo.

  • Rafael Nogueira

    Com o Batman tem que ser sério e sombrio, cada herói tem/vai ter o seu próprio e nele colocam o clima que quiser.

  • Snow

    Poxa, o mesmo tinha acontecido com Suicide Squad, então já fico com um passo atrás. Mesmo que o filme for um merda, vou assistir só porquê é a Liga da Justiça mesmo, mas não tô esperando muita coisa.

  • Tori

    Marvel 2.0 intensifies

  • Tyrion Lannister

    Eu acho que o problema é ver como o filme vai envelhecer, se o filme ficar muito localizado temporalmente com a tecnologia, as críticas político-sociais e com as piadas, o filme perde a validade em pouco tempo.

    Porém, o maior erro da DC ultimamente está em não amadurecer os personagens bem nos filmes. E eu falo de amadurecimento como ser humano, não como herói e seu senso de dever. Neste quesito, apesar de muitas falhas, a Marvel está melhorzinha e por isso as críticas dos filmes da Marvel são melhores.