Divulgação. © Paramount Pictures

O premiado diretor Martin Scorsese comentou ao Hollywood Reporter duras críticas à sites agregadores como Rotten Tomatoes e Cinemascore, e à exagerada importância atualmente dada a bilheteria.

O diretor afirma que bons filmes feitos por grandes cineastas, não são feitos para se obter uma dedução, ser consumido ou compreendido imediatamente, ele ilustra isso citando os casos de filmes que se tornaram clássicos, mas que em sua época não receberam primeiras impressões positivas.

A indústria cinematográfica sofreu diversas mudanças nas últimas décadas, e após o advento dos blockbusters na década de 80, gerou uma grande atenção para a bilheteria e surgiram os agregadores de críticas. O problema apontado por Scorsese é que a atenção exagerada para a bilheteria limita o cineasta, fazendo que cenas importantes sejam cortadas e que se crie um padrão nas produções, ele citou exemplo de cenas que queriam que fossem cortadas e que marcaram gerações.

Quanto aos agregadores de críticas, além de criticar o fato do imediatismo na avaliação e compreensão de uma obra cinematográfica, o diretor apontou para o nível raso das avaliações que são feitas e que sempre andam se repetindo. Além disso, Scorsese defendeu Mãe!, nova produção de Darren Aronofsky (Cisne Negro), que recebeu F no Cinemascore e fracassou nas bilheterias, e que foi o que o motivou a escrever o artigo (para o THR). Ele ainda afirmou que este pode ser um exemplo de filme de recepção negativa que deverá se tornar mais tarde um clássico.

O cineasta apontou que esse sistema deve acabar nos próximos anos, no entanto, o que o preocupa é no que deve se seguir, se será algo desse tipo ou se será formada maior consciência cinematográfica e essas obras possam ser melhor apreciadas.

  • Eduardo Oliveira

    Mas ai são outros 500 amigo, não tem como vc querer que um filme chamado de idiocracia e o Van Helsing sejam levados a sério pela crítica, o primeiro foco desses filmes costuma ser só para diversão do público, sem compromisso, e ai já é um passo pro filme não ser levado a sério, tenha mente que existem FILMES e existem filmes cada um ataca o público que planeja atacar.

  • Erivelton Freitas

    A Culpa disso, em parte, é dos próprios estúdios, que não punem funcionários que deixam vazar informações. Que fazem sessões de testes, permitindo que críticos avaliem o filme 10 dias antes de lançarem, que não processam esses jornalistas parciais que claramente escolhem lados e coisas do gênero.

    Não adianta falar da Mídia Gamer, ou Mídia Nerd no Brasil e no mundo, eles escolhem lados, são partidários e comprados por estúdios.

    Um bom exemplo disso é o Omelete, todos os jornalistas odeiam a DC, falam mal dos quadrinhos, filmes, séries, desenhos, mas adoram fazer ‘parceria com a Warner’ para trazer animações de DVD da DC para o cinema e ficar com um pedaço da arrecadação. Da mesma forma como fizeram aquela ‘live/entrevista’ ridícula com o elenco da Liga. Tipo, a Warner Bros já parou dois minutos para ver o que eles falam dos filmes da DC naquele canal imundo deles no Youtube?!

    Já sobre a bilheteria… Vamos falar do ponto de vista empresarial e administrativo. Eu tenho uma empresa de filmes, invisto X para o orçamento de um filme + Y para o pagamento dos atores que tem cachê milionário + Z para o Marketing, o que dá um valor quase 2x ou 3x maior do que apenas o orçamento da produção, e eu não tenho que me preocupar com a bilheteria?! Eles acham o quê?! Que a Arte de fazer filme é algo filantrópico entre o estúdio e a enorme gama de profissionais que estão envolvidos?!

    Vê se pode!

  • Manuel Victor Victor

    Crítica é igual a gosto, cada um tem o seu.
    Na verdade ninguém deve levar a critica como a única verdade.
    Com relação a bilheteria as vezes o marketing faz mais do que qualquer crítica, tem franquia que batem apelo e outras que não tem e por isso tem baixa ou alta bilheteria.

    • toygame lan

      Não é questão de gosto,critica especializada é aqueles profissionais que são formados e tem uma visão melhor
      que a sua,por exemplo vc não nota a questão da fotografia do filme e
      eles sim.
      E porra se fosse assim por que o publico gostou filmes como
      velores e furiosos e transformes ganhavam um oscar facil e são uma
      grande porcaria

      • Manuel Victor Victor

        A critica especializada tem uma preferência a população outra.
        Velozes e furiosos e Transformes é bastante marketing e está consolidado pelos filmes antigos.

  • Eduardo Oliveira

    Quanto a isso da consequência “positiva ou negativa” que a crítica pode gerar nas produções eu concordo com vc mas em uma era em que todo mundo quer dar pitaco na vida dos outros e a facilidade que as redes sociais tem em propagar os mais diversos argumentos dos mais diversos assuntos então é algo difícil de ser controlado, se não tem a crítica para dar sua opinião logo será o público que destilará ela, talvez um modo de equilibrar melhor seja mesmo limitar a visualização dos críticos tão antes do filme ser lançado, ai depois fica a critério do público se vale não a pena ver o filme ou jogar o game.

  • toygame lan

    Quanta merda,critica é algo que sempre existiu, desde da epoca do teatro tinha critica sobre a peça que estava sendo exibida.E isso tem haver como a relação com o produto e o valor que se deve agregado a ele.Filme são para ser consumidos como qualquer outra coisa.A choradeira é que hoje existe a internet e ninguem fica mais com a critica comprada ,que sempre vinha nos VHS que na capa estava que revista ou tal jornal falava que o filme era bom e no fim depois de ver o filme era uma bomba.Fora que não só os EUA fazem filmes,mas a China e outros países tbm estão fazendo muitos filmes mais até EUA e muitos filmes de hoje dia não passa de uma repetição de coisas que já foram feitas e tenta se passar um rotulo novo.

  • toygame lan

    critica especializada é aqueles profissionais que são formados tem uma visão melhor que a sua,por exemplo vc não nota a questão da fotografia do filme e eles sim.
    E porra se fosse assim por que o publico gostou filmes como velores e furiosos e transformes ganhavam um oscar facil e são uma grande porcaria