Divulgação. © Ezra Koenig / Studio Deen / Production I.G

A Netflix divulgou o trailer dublado em português de Neo Yokio, seu mais novo anime original que será lançado na sexta (22). O vídeo é o mesmo que havia sido apresentado pela plataforma no início deste mês, mas agora com destaque para as vozes dos personagens na versão brasileira da série. Assista:

Criação do cantor Ezra Koenig, o anime, é uma coprodução da Netflix em parceria com a Production I.G. (Ghost in the Shell: Stand Alone Complex) e Studio Deen (Fate/stay). A história é protagonizada por um Kai, um garoto que caça criaturas malígnas pela cidade junto com seu fiel mordomo robô, Charles.

Além da dublagem, Neo Yokio também vai apresentar legendas opção de legendas em português.

  • Que delicia :3 !! Netflix tá de parabéns!! Ahhh… vou arruma um emprego pra assinar a Netflix e outro serviço e sair da pirataria!! :3

    • Kaio

      Dica: arranja mais 3 amigos e dividam o pacote de 4 telas. Sai nem 10 reais pra cada.
      E antes que alguém diga qlqr coisa, a própria netflix de vez em quando recomenda fazer isso na sua página do face ;)

  • SasukeUC

    Parabéns par Netflix, mas porém pelo traile eu não achei nada interessante que tire meu tempo par assitir, mas vou ver os três primeiros eps.

    • Eduardo Jose de Andrade

      Esse é o espírito do atual otaku.

      • SasukeUC

        Ai q vc errar, eu sou otaku da antiga gosto muito de animes antigo, diferente de muito q se diz otaku mais nem aguentar assitir um animes de 2007 par baixo, mas essa é o gosto deles estão não vou crítica “cada um tem sua opinião”, diferente de vc não é✌✌✌✌✌

        • Eduardo Jose de Andrade

          Eu não falei mal de ti,pelo contrário,pelo menos você dá uma chance ao anime,eu tenho um carinho nostalgico pelos animes antigos,os novos eu gosto dos traços lindos,mas hoje a maioria dos otakus faz é a regra de 3,eu vejo até o fim.

  • Samuel Ferreira

    a dub ta muito boa

  • GustavoXD

    Parece genérico, o anime claro

  • Mal foi anunciado pela plataforma e já foi dublado? São rápidos mesmo, hein.

    • Pederix

      Achei que esse já fosse o padrão da Netflix. Algumas, quase todas, as produções originais sai o trailer dublado pau a pau com o original, por exemplo, já tem o trailer dublado de Big Mouth há muito tempo.

    • Chico Amaro

      Já deviam ter terminado de dublar antes de anunciar

  • João Carlos

    Que animação dura… E parece bem chato, acho que nao vou ver não…

  • Paulo Thesis

    Parece um anime da década de 90.

  • Nelson Ramos Filho

    Dublagem paulista de qualidade e com um traço que lembra os anos 90? Verei com certeza, tomara que seja muito bom!!!

  • Chico Amaro

    A dublagem tá bem legal, tá com cara de Vox Mundi ou talvez Centauro, deve ser o primeiro Anime da Netflix nestes estúdios
    Falando em Centauro, a nova temporada de Skylanders mudou pra lá agora, a série passou para a BTI, com direção da Kate Kelly que substituiu a Adriana Torres na Stealth Elf, pelo Instagram dela parece que a Luciana Baroli está dublando aquela menina que é uma Cabeça e o Lucas Gama está dublando o ajudante do Kaos, felizmente parece que o Raphael Rossato foi mantido no Spyro, já que ele vem frequentemente para São Paulo comprar farofa, da última vez que chequei o trailer da S2 na Netflix só estava em inglês mas tem aquele especial de aniversário da Netflix que já está com a dublagem da Centauro se quiserem conferir as novas vozes

  • Richard

    Dubladores incriveis, animação mediocre

  • Eryk Oliveira

    Isso é tão viajado que parece legal kkkkk

    Pergunta: é o filho do Will Smith que está protagonizando isso lá? (Acho que eu ví o nome dele nos créditos)

  • Arle Janso Kurogane

    Pelo menos Vivaldi e a dublagem são boas.

  • Jardel

    Dublagem paulita!!! <3 …mas é impressão minha ou essa animação tá meio bugada?

  • Carlos Eduardo Barbosa Martine

    Não gostei da animação…mas a dublagem tá boa!

  • Pederix

    Eu só não entendi por que no trailer aparece o cast americano como se fosse um desenho qualquer feito originalmente nos EUA, é isso mesmo? Não era pra ser um anime japonês?

    • O criador é americano. Imagino que os desenhos também foram feitos por ele, por isso é um pseudo-anime.

    • Chico Amaro

      Acho que só foi animado em estúdios japoneses, todo o resto da produção foi americana

    • Roteiro e Dublagem feito nos EUA
      Ai o Studio Deen e Production I.G. animam em cima disso.

    • GustavoXD

      Conhece a animação Avatar???
      É quase isso só que não é isso

  • Dark Leon

    Excelente dublagem , Parabéns a Netflix por escolhido um estúdio Legal pra dublar este anime Usa.

  • Andre TR

    A dublagem ficou muito boa mesmo

  • Léwow

    nao entendi muito bem qual a proposta desse anime sei lá parece um slice of life com ficção científica bem genérico

    parece meio chato

    MAS A DUBLAGEM FICOU INCRÍVEL

    • Eduardo Jose de Andrade

      Só vendo pra saber,a animação tá bem fluida.

  • ☣ Psychopass

    aqui só pode falar bem né vocês não aceitam critica ¬¬ bom saber…

  • Chico Amaro

    Alguém sabe qual foi o estúdio?

  • Eduardo Jose de Andrade

    Gostei da dublagem BR,e aos 1:30 é o símbolo do comunismo? (foice e martelo amarelos num fundo vermelho) xiii,mal sei o nome da mulher e já odeio.

  • Edenilson Pontes

    O primeiro episódio não me chamou muito atenção, mas vou continuar assistindo e ver no que dá. O anime é bem curto, apenas 6 episódios.

  • Chico Amaro

    Também já vi a Mabel dublando na Centauro e na Unidub

  • Thiago

    Na minha opinião o primeiro episódio começa com uma história sem sentido, mas recomendo assistir todos os episódios para depois criticar. Mas vamos deixar claro que cada episódio e sem sentido, já que a historia anterior não continua, e acaba deixando á cabeça bagunçada.
    Essa série/anime aborda uma fantasia com espíritos/ou (demônios) como fala, e fala em todos episódios sobre exorcismo. Por isso não recomendo crianças assistirem, só por causa gostaram da capa da série/anime pelas cores, e sim um adulto. Mas eu gostei do beijo gay, para acabar com o preconceito.
    – Thiago Fernandes de Souza.