nintendo

Divulgação. © Nintendo

Após anos de resistência a Nintendo finalmente percebeu que já era hora de acabar com a limitação de suas franquias, restritas apenas a jogos, e deixar com que chegassem a áreas raramente exploradas pela empresa, o cinema e a animação.

Segundo o jornal japonês Asahi Shimbun, a Nintendo atualmente vem conversando com diversas produtoras do mundo todo para levar seus personagens ao cinema. O objetivo é bem claro: fortalecer a popularidade de suas franquias e aumentar ainda mais o número de jogadores que se interessam por elas. É possível que nos próximos anos também sejam produzidas animações em 3D de Super Mario Bros. e outros jogos de grande sucesso da gigante japonesa.

A reportagem publicada pelo jornal entrevistou Tatsumi Kimishima, atual presidente da Nintendo. Até o momento, a única relação que a companhia tinha com o cinema era a de vender licenças para uso de seus personagens, mas isso mudou, e segundo ele, a Nintendo quer fazer ela mesma tudo o que for possível.

O jornal também explica que o projeto da empresa não visa somente o Japão, mas também os EUA e demais países como potenciais mercados, e a ideia é que o primeiro projeto seja concluido dentro dois ou três anos. A Nintendo tem tanto interesse no cinema como no lançamento de conteúdo voltado para o mercado de home vídeo mundial.

Kimishima evitou falar em nomes, mas disse que a meta é utilizar franquias muito conhecidas no mundo, deixando aberta a possibilidade de se produzir filmes 3D de Mário e The Legend of Zelda.

Super Mario Bros. já ganhou um live-action para os cinemas em 93, mas o filme foi um fracasso, algo que o atual presidente da Nintendo reconhece. Já em 2012 a Disney utilizou Bowser em Detona Ralph e no ano passado foi a vez do filme Pixels, protagonizado por Adam Sandler, contar com a participação de Donkey Kong.

Ano passado, o The Wall Street Journal havia publicado que a Netflix estaria produzindo uma série live-action de The Legend of Zelda, mas a companhia rapidamente tratou de desmentir e declarou que tudo não passava de especulações. E para finalizar, durante a E3 2015 Shigeru Miyamoto havia dito que a Nintendo tinha planos de investir no campo do entretenimento e estaria estudando como os filmes poderiam ser abordados nesse sentido.

  • Phillippi Roberto

    Mais fácil é fazer series na TV do que construir cineseries por fanservice

    A geração de hoje nunca conhecera como são as series antigas,que até hoje superam esta mania de filmes

    • josias wando

      Até porque estas séries também não seriam faservice

      • Phillippi Roberto

        Na década de 80,aquela serie de Mario(a que tinha cenas com atores reais e que foi exibido por aqui pela Fox antes da criação da Fox Kids)foi feita de forma de render mais dinheiro para a serie nos EUA,e não teve auxilio de fãs naquilo. Só que o filme com atores reais de 93 sim é um fracasso.

  • Erivelton Freitas

    Pokémon com a Warner Bros e o resto que se exploda!

  • Mike Nolan

    Na real, eu não consigo ver um filme estilo live action dos jogos da nintendo, talvez algumas animações possam dar certo, mas isso é uma grande aposta que a nintendo vai fazer, se for ao estilo “detona ralph” pode ser um enorme sucesso e é algo que eu investiria, mas como eu ja disse, fazer um live action dos jogos é uma coisa super arriscada.

    • Felipe Matheus Da Silva

      Metroid daria um ótimo live-action. O ruim iria ser a verba a ser investida

  • GustavoH

    Zelda, Metroid e Chrono Trigger dariam otimos live-actions
    Megaman, StarFox, Mario e Donkey Kong se bem feitos podem ter bons filmes 3D
    Kirby e Earthbound seria melhor em 2D de animação clássica e com tom mais infantil
    Pokemon as 3 formas são possíveis, não sei dizer qual seria melhor

    Assim agradaria 3 tipos de público, aprende ai Nintendo

    • Nona

      Chrono Trigger é da Square-Enix, Megaman é da Capcom. Além do mais Pokémon já tem mais de 15 filmes em 2D, fora os OVAs e especiais de TV.

    • josias wando

      Kirby também teve um anime.

  • Animes da Nintendo!