Divulgação. © Saban Brands / Lionsgate

A Lionsgate divulgou no YouTube o primeiro clipe com uma cena do filme dos Power Rangers. No vídeo os heróis conhecem pela primeira vez o centro de comando e se deparam com o robô Alpha 5. Confira:

Com distribuição da Paris Filmes, Power Rangers estreia no Brasil dia 23 de março.

  • Pergunta.
    Pelo que substituíram o Zord Mastodonte?

    • jaiden shiba

      Acabei de ver uma foto da nova temporada de Doctor Who onde o Doutor
      enfrenta os Cyberman originais sem nenhuma grande mudança no visual,o
      que me fez achar o Megazord ET mais desrespeitoso ainda.E segundo alguém que diz ter visto o filme da Lionsgate há pouquissima ação,quem
      for ver é melhor não ter grandes expectativas.

      • Tulius Alves

        Oque de fato é desrespeitoso? se pararmos para pensar um pouco, o poder dos power rangers eram derivados de….alienígenas. E Se pensarmos mais ainda , oque sempre foi estranho foi o fato de alienígenas gerarem poderes que se baseassem em criaturas do nosso planeta(como os dinossauros).
        Então honestamente…em termos de imersão de temática esse filme teria um pouco mais de sentido que o próprio original.
        Então oque há de tão desrespeitoso nesse aspecto?

        • jaiden shiba

          Se parar para pensar um pouco é besteira fazer uma adaptação de MMPR e transformar o Megazord e
          Goldar em duas monstruosidades quando não era
          tão difícil adaptar o visual original.Quem quiser ver
          alienigenas realistas que vá caçar por aí.

          • Tulius Alves

            Adaptar o original em filme já foi feito há anos atrás. Isso aqui é um reboot, que por coincidência tem mais haver com a proposta da temática do que a própria obra original, que não poderia usar tons mais sérios e coerentes com sua própria temática por causa do público da época.

            Ora bolas tinha coerência alienígenas serem tão apegados a temas terráqueos? megazord samurai? dinossauros? desde o começo se você parar pra pensar direito… isso nunca foi muito coerente.
            Oque esse filme está fazendo é mesclar as coisas(oque não tinha sido feito antes), por mais que eu não goste de um ou outro designer, por questão de MEMÓRIA AFETIVA( oque parece ser o seu caso também) tenho que admitir que a coisa toda tem mais haver com oque os Power rangers prometiam ser ou seja alienígenas.

          • jaiden shiba

            Eu não tenho muita memória afetiva por MMPR,a primera
            série que vi regularmente foi PR In Space(após uma apresentadora chata sumir com Ultraman Tiga),mas se
            você vai adaptar uma série clássica não pode usar coisas
            como o camp típico dos anos 90,mas tem de manter alguns
            elementos importantes para os fãs ,do contrário teremos
            Tartarugas Ninja Aliens ,Ken Masters como um covarde que
            nem consegue socar direito, Goku deixando o avô morrer
            para ir namorar, etc.E siceramente, não entendo como alguns
            perdem tempo imaginando como seria tecnologia extraterrestre realista, quando isso não existe.

          • Tulius Alves

            “E siceramente, não entendo como alguns
            perdem tempo imaginando como seria tecnologia extraterrestre realista, quando isso não existe.”

            Nesse ponto o tema fantasioso de PR tem que se basear no que sempre foi dito(assim como outras séries fazem), tudo que se diz na (fantasia) sobre alienígenas é que sua tecnologia é superior a nossa, pouquíssimas vezes vemos o contrário.
            Repito de novo Jaiden, PR JÁ FEZ ISSO no clássico, só que com limitações dos conceitos de fantasia da época, a roupa e algumas armas dos rangers já possuía essa premissa futurista.Mas novamente você tem problemas de memória afetiva, mesmo que você diga que não tem muita, mas nesse caso, ela é suficiente.

            Quanto mais o tempo passa mais o ideal de futurismo vai sendo aprimorado, anos 90/2017/2032…enfim, se não for assim, não se chamaria “futurismo”.

            E os elementos importantes já estão ai, os Zords de dinossauro, o problemas adolescentes que SEMPRE TEVE na série.Só mudou a estética, mas a essência, está ai.

          • jaiden shiba

            Resumindo,tokusatsu tem uma magia simples mais importante
            do que precisão científica e drama juvenil , e não senti nada
            dessa magia nesses powerful rangers.

          • Tulius Alves

            Eu respeito sua opinião. Mas, vamos ser francos e separar um pouco, foi você que não sentiu, não é como se não estivesse presente ali o tempo todo.

  • Just a

    Pra quem cresceu assistindo tá bem dificil aceitar.
    Eu sinceramente preferia que adaptassem a versão americana em cartoon, mantendo tudo igual, um desenho se fosse bem feito pra mim seria mais aceitável que um filme com novos atores e tudo diferente.
    Já não gostei no começo, ver que tudo tá diferente, os power rangers mesmo eram aqueles dos anos 90, não esses do filme.
    Fico imaginando um desenho, é só lembrar dos jogos de videogame onde tinhamos todos cartunizados pra ver como ia ficar mais ou menos em desenho, uma temporada de 20 eps pra começar teria sido ótimo, mas não, faz filme e estraga tudo.