Divulgação. © Nickelodeon / Sincrocine Produções

Divulgação. © Nickelodeon / Sincrocine Produções

A Nickelodeon costuma dar prioridade a produções latinas por conta dos custos mais baratos e alcance. Pouco conteúdo brasileiro costuma aparecer na programação, mas de olho na audiência, o canal decidiu mais uma vez em apostar numa produção feita por aqui.

O canal anunciou a produção nacional de uma série animada original brasileira, Tainá – A Protetora da Floresta, que como já diz o título, será inspirada na trilogia de filmes protagonizada pela pequena índia e seus amigos que atuam como protetores da Floresta Amazônica.

A animação será coproduzida pela Nick em parceria com o estúdio Sincrocine Produções. A primeira temporada de Tainá – A Protetora da Floresta vai contar com 26 episódios de 11 minutos de duração cada. A estreia está programada para o segundo semestre de 2017.

  • Kaio Honorato Rodrigues

    Dessa eu boto fé nesse desenho!

  • GustavoH

    Ideia interessante, aproveitar de um filme de sucesso nacional para uma versão animada pode dar certo

  • Bruno Antônio Bastian Ransan
    • Dick Buck

      É a prima da Dora que mora na amazônia

      • Bruno Antônio Bastian Ransan

        Só pode kkkkkkkkk

        • Kaio Honorato Rodrigues

          O que fez você achar ela parecida com a Dora?

          • Bruno Antônio Bastian Ransan

            Bom, é só comparar as duas imagens. A semelhança é inegável. Até o macaco de estimação está ali kkkkkkkk

      • Celso

        Até que faz sentido. hehehe

  • Queila Caetano de Oliveira

    Gostei, achei bem interessante a ideia, mas prefiro esperar pelos episódios para então poder dizer o que achei, porque da última vez que criei muitas expectativas sobre um desenho brasileiro acabei quebrando a cara kkkk

    • Kaio Honorato Rodrigues

      Como assim quebrou a cara?
      Qual desenho nacional você criou expectativa?

      • Queila Caetano de Oliveira

        Quebrei a cara no sentido de eu ter achado que o desenho ia ser muito bom mesmo e no final ele acabou sendo uma grande porcaria. Prefiro não dizer qual foi porque muita gente gostou, e minha opinião poderia magoar alguns, mas acho que dá pra adivinhar ;D
        Mas isso não quer dizer que odeio desenhos nacionais, pelo contrário, teve os que valeram muito a pena ver, como os da Turma da Mônica, longas como O Menino e o Mundo e até alguns do Rá Tim Bum.

        • Kaio Honorato Rodrigues

          Deixa eu advinhar, irmão do jorel, tou certo?
          Se eu estiver errado, pode falar, se não, eu vou entender!

        • GustavoH

          Bem se é um que muitos gostaram e fora dessa lista só tem Julie e os Fantasmas (que nem é desenho), Peixonalta (Publico infantil) e Historietas. Se não for um desses 3 qualquer crítica é valida

          • Queila Caetano de Oliveira

            Tudo bem, (se preparem pro textão) é Under-Undergrounds.
            Quando eu vi o piloto e a sinopse eu achei que ia ser uma série de aventura com música e talvez até com uma pegada mais sinistra (se considerar que fala de monstros que vivem em um “submundo”), e os primeiros episódios foram até mais ou menos. Mas depois acabou se transformando em uma novelinha adolescente muito ruim. Os roteiros são vazios, os personagens são muito sem graça, a dublagem também é ruim – com 50 personagens dublados pelo mesmo cara -, as letras das músicas poderiam ser bem melhores e a animação também é mal feita. Por isso que eu estou com um pé atrás em relação a Tainá, porque as animações brasileiras da Nick costumam ter esses mesmos problemas (aconteceu o mesmo com Brichos). A única que eu gostei mesmo foi Zica e os Camaleões.

  • Mauro

    É….. Parece com a Dora!!! kkkk Mas tá valendo! E além do mais val levar o nome do nosso país para o mundo e isso é o que conta pra mim.

  • Eliakim Quintino

    Não tem como não comentar que lembra muito a Dora, mas se é uma animação que fala sobre a Tainá (e em 2D) é pra se apostar, já que os filmes foram muito bons.